METARHIZIUM

INSTRUÇÕES DE USO:

METARHIZIUM JCO (Metarhizium anisopliae, isolado IBCB 425) é um agente microbiológico de controle utilizado no controle de cigarrinha-da-raiz (Mahanarva fimbriolata) e no controle da cigarrinha-das-pastagens (Zulia entreriana).

  • Controle da cigarrinha-da-raiz (Mahanarva fimbriolata)
  • Controle da cigarrinha-das-pastagens (Zulia entreriana)

CULTURAS, PRAGAS, DOSES, NÚMERO, ÉPOCA E INTERVALO DE APLICAÇÃO

CULTURA Alvo biológico (Nome científico) Dose (p.c./ha), Número e Intervalo de Aplicações Época
Em todas as culturas com ocorrência do alvo biológico. Eficiência agronômica comprovada para a cultura da cana-de-açúcar Cigarrinha-da-raiz(Mahanarva fimbriolata) Dose de aplicação: 1,81 kg p.c. /ha (equivalente a 1×1012 conídios/ha). Realizar duas aplicações por ciclo de cultura Monitorar a presença de ninfas no campo após as primeiras chuvas. Iniciar a aplicação após a detecção da praga (espumas com ninfas na base das touceiras)
Em todas as culturas com ocorrência do alvo biológico. Eficiência agronômica comprovada em pastagens Cigarrinha-das-pastagens(Zulia entreriana) Dose de aplicação: 1,81 kg p.c. /ha (equivalente a 1×1012 conídios/ha). Realizar duas aplicações por ciclo de cultura Monitorar a presença de ninfas no campo após as primeiras chuvas. Iniciar a aplicação após a detecção da praga (espumas com ninfas na base das touceiras)

MODO/EQUIPAMENTO DE APLICAÇÃO

Terrestre e aérea. Monitorar a presença de ninfas no campo após as primeiras chuvas. Iniciar a aplicação após detecção da praga (espumas com ninfas na base das touceiras).

Cigarrinhas: o produto pode ser jogado a lanço depois das 4 horas da tarde. O produto biológico também pode ser diluído em água e filtrar antes do uso. A aplicação deverá ser feita por ocasião do surgimento das primeiras ninfas na área, evidenciado pela presença de espumas no cartucho das plantas (M. posticata) ou na base das plantas (demais espécies). O uso do bico pulverizador correto, e adequada regulagem da pressão de aplicação e volume de calda são mais importantes para a adequada deposição do agente biológico no local onde os insetos são encontrados.

Procedimento de aplicação:

Embalagem: abrir a embalagem em local arejado;

Preparo da calda: Pré-mistura: após abrir a embalagem acrescentar o produto na proporção de 1:3, ou seja, 1kg de produto para 3 litros de água e misturar a calda até alcançar a homogeneização do produto, em seguida deixar a mistura em repouso por 30 minutos. Realizar a coagem da mistura.

 

Aplicação terrestre via barra de pulverização: preencher o tanque de pulverização até a metade, ligar o agitador por 10 minutos para em seguida acrescentar a pré-mistura já coada, completar com água até a capacidade do tanque em contínua agitação.

A aplicação deverá ser iniciada logo após a mistura no tanque, o pulverizador deverá ser posicionado rente a lavoura, ligar a barra e deixar esguichar o produto diluído para então iniciar a pulverização. Realizar a aplicação no horário mais fresco do dia.

 

Aplicação aérea via barra de pulverização:  preencher o tanque de pulverização até a metade, ligar o agitador por 10 minutos para em seguida acrescentar a pré-mistura já coada, completar com água até a capacidade do tanque em contínua agitação.

A aplicação deverá ser iniciada logo após a mistura no tanque. Realizar a aplicação no horário mais fresco do dia.

 

Aplicação via pivô:  preencher o recipiente de irrigação até a metade, acrescentar o produto aos poucos agitando continuamente até a completa homogeneização, completar com água até a capacidade do tanque em contínua agitação. Após completado o recipiente em sua capacidade iniciar a aplicação via pivô.

 

Aplicação manual (via bomba costal): realizar a pré-mistura da seguinte forma, em um recipiente acrescentar o produto na proporção de 1:3, ou seja, 0,4-1,2 kg de produto para 1,2-3,6 litros de água e misturar a calda até alcançar a homogeneização do produto, em seguida deixar a mistura em repouso por 30 minutos. Realizar a coagem da mistura. No tanque de pulverizador costal, preencher com água até a metade seguida acrescentar a pré-mistura já coada, completar com agua até a capacidade do tanque.

A aplicação deverá ser iniciada logo após a mistura no tanque. Realizar a aplicação no horário mais fresco do dia.

Intervalo de segurança: Não definido devido à natureza microbiológica do ingrediente ativo.

Intervalo de reentrada de pessoas na cultura e áreas tratadas: 4 horas até a secagem da calda.

Limitações de uso: Aplicar somente com umidade acima de 80% na ausência de raios ultravioletas, ou seja, em dias nublados ou à noite. O pH ideal é menor que 7. Manter o produto sob refrigeração, e temperatura mínima para armazenamento 4oC e máxima 25C.

Recomendações para manejo de resistência a inseticidas: Não existem informações sobre o desenvolvimento de resistência de fitopatógenos a cepa IBCB 425.

Informações sobre o manejo INTEGRADO DE PRAGAS: Sempre que houver disponibilidade de informações sobre MIP, provenientes da pesquisa pública ou privada, recomenda-se que estes programas sejam implementados.